x2014‎ > ‎

03 - 15 de agosto

Objetivo desta aula:

  1. Entender o método científico
  2. Entender os 4 níveis de conhecimento
  3. Entender o objetivo da competição e escolher a equipe e forma de organização
  4. Aprender a medir: comprimento

1) Método científico


Nesta aula foi explicado o método científico e a importância de compreender o mesmo para se tornar um profissional com mente de cientista, investigativo, pensador, e não ser uma Maria vai com as outras, mas aprender a pensar por conta.

1. Definição do método científico

Trata-se de um processo de pensar que segue uma determinada sequência de etapas. São elas: observe, faça perguntas, formule hipóteses, faça experimentos mentais ou práticos e formule teorias.


2. Etapas do método cientifico

Observação: Como o próprio diz, é a visualização de um fato (ou fenômeno). Essa observação deve ser repetida várias vezes, buscando obter o maior número possível de detalhes sendo, realizada, portanto, com a maior precisão possível. Deve-se tomar o cuidado com os “vícios” ou desejos pessoais para que ocorra uma observação correta do fato; em muitos casos, a pessoa ver o que deseja ver, e não o que está ocorrendo de fato.

Problematização: Corresponde à execução de questionamentos sobre o fato observado. E para essas perguntas, o pesquisador vai à busca de respostas. Um problema bem formulado é mais importante para a ciência do que a sua solução, pois, abrir caminho para diversas outras pesquisas.

Formulação da hipótese: A hipótese nada mais é do que uma possível explicação para o problema. No jargão científico, hipótese equivale, habitualmente, à suposição verossímel, depois comprovável ou denegável pelos fatos, os quais hão de decidir, em última instância, sobre a verdade ou falsidade dos fatos que se pretende explicar. "A hipótese é a suposição de uma causa ou de uma lei destinada a explicar provisoriamente um fenômeno até que os fatos a venham contradizer ou afirmar." (Cervo & Bervian,1974:29)

Experimentação: Etapa em que o pesquisador realiza experiências para provar (ou negar) a veracidade de sua(s) hipótese(s). Se, após a execução por repetidas vezes da experiência, os resultados obtidos forem os mesmos, a hipótese é considerada verdadeira.

Na antiguidade, as experiências não eram controladas – experiências empíricas – muito usadas pelos alquimistas. Nesse modelo, as experiências eram do tipo tentativa-erro; com isso, as descobertas acabam sendo puramente casual.

Na experiência controlada, usam-se dois grupos: o experimental e o grupo teste (grupo controle ou testemunho).
No grupo experimental é testada uma variável; as demais condições devem ser iguais às do grupo controle que, por sua vez, corresponde ao grupo em que a referida variável não aparece e, assim, serve de referência para análise dos resultados.


Veja um exemplo bem simplificado:

Se um pesquisador deseja saber a influência de determinado mineral “M” na floração de uma determinada espécie vegetal, deverá usar dois grupos de plantas nas mesmas condições, diferindo um do outro apenas no mineral M. O grupo portador do mineral é o grupo experimental e o que não possui o mineral é o grupo controle.

Se os resultados obtidos forem estatisticamente iguais, o mineral M não interfere na floração; caso os resultados obtidos nos dois grupos forem estatisticamente diferentes, o mineral M é o responsável pelas diferenças observadas.

Uma hipótese confirmada nas experimentações passa a ser denominada de lei científica. A um conjunto de leis que explicam um determinado fenômeno (ou grupo deles) chamamos de teoria. As teorias científicas têm validade até que sejam incapazes de explicar determinados fatos ou fenômenos, ou até que algum descobrimento novo comprovado se oponha a elas. A partir de então, os cientistas começam a elaborar outra teoria que possa explicar esses novos descobrimentos. A Ciência é conhecimento evolutivo e não estacionário.


Questões Propostas:

01) (Unimontes – junho/2009) A tirinha abaixo apresenta um diálogo entres dois animais. Observe-a.





Estabelecendo uma relação entre o diálogo apresentado e o método científico, analise as alternativas abaixo e assinale a CORRESPONDENTE à etapa de uma pesquisa que melhor justifica a apreensão de um dos animais e o pedido de calma do outro.

a) Levantamento de hipótese.
b) Conclusões.
c) Análise de resultados.
d) Experimentação.

02) (Unimontes/2009) No nosso cotidiano, acontecem, geralmente, coisas que servem para ilustrar determinados estudos teóricos.

A contextualização é um meio muito utilizado para enriquecermos nosso conhecimento. As figuras a seguir mostram elementos que exemplificam essa idéia. Observe-as.



De acordo com as figuras e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que REPRESENTA os passos correspondentes à experimentação (parte prática) evidenciada no desenvolvimento de uma pesquisa científica.

a) I, II e III.
b) I e III, apenas
c) I e II, apenas.
d) II e III, apenas.

Gabarito:

01 - D; 02 - D

Mais exercícios sobre o método científico

  1. Ouvi falar
  2. Entendi
  3. Sei fazer
  4. Sei ensinar
Você vai ter que chegar no mínimo no nível 3.



3) Competição do veículo elétrico

Nesta aula também discutimos como empresas resolvem seus problemas, estrurando-se em forma de projetos. Para isto adotam uma metodologia de gerenciamento de projetos robusta, com recursos (humanos e materiais) como prazos bem definidos.

As informações da competição estão salvas no link ao lado em Projeto.


4) Aprendendo a medir: comprimento

  1. Porque é importante saber medir corretamente? Exemplo plantio de milho, erro de 5% no espaçamento.
  2. Sistema de medidas internacional (SI) para distância é o metro (m)
  3. Instrumentos de medida: régua, trena, paquímetro, micrômetro, etc
  4. Algarismos significativos
  5. Erros de medida
  6. Padrões de medida
Exercício grupos de 3 ou 4: 



1) Cada membro da equipe deve medir 2 vezes a largura e comprimento de uma folha de caderno ou livro.
2) Depois comparem os resultados e calculem a média
3) Agora calculem a área da folha
4) Finalmente calculem o volume da mesma e discutam os resultados obtidos.
Comments